Houdini (2014)

 Blogger, Daniel Arrieche, Séries, Terminado  Comentários desativados em Houdini (2014)
set 302014
 
Author Rating / Nota do Autor:

Houdini

 

Ehrich Weiss é o nome verdadeiro do considerado primeiro “astro pop” da cena moderna: Harry Houdini. Nascido na Hungria em uma família pobre, teve de se virar desde pequeno juntamente com seu irmão para sobreviver. Porém desde o início de sua conhecida vida ainda como criança, já demostrava interesse pelo extraordinário, pelo fantástico e pelo mágico. O History Channel trouxe um pouco da vida do mágico em dois capítulos exibidos no Brasil nas últimas semanas, onde além das apresentações públicas também busca mostrar os bastidores  de tudo: desde os dramas familiares e amorosos, até a paixão pela profissão e a busca do inexplicável através do espiritismo. Com as vinhetas de abertura em clima de “X-Men” e a primeiras cenas claramente trazidas do “Sherlock Hokmes” de Guy Ritchie, o ritmo logo acalma trazendo a concentração do ator Adrien Brody (vencedor do Oscar com “O Pianista”) com uma fisionomia muito parecida com a do mágico. A propósito, a semelhança dos atores com os nomes da história é um dos grandes trunfos da série: o escritor Sir Athur Conan Doyle está irreparável, bem como demais coadjuvantes como Rasputin, e a própria família de czares russos visitada na época. Mas as grandes curiosidades e focos históricos são colocados em paralelo e sutilmente abordados na obsessão por sua mãe em um complexo de Édipo escancarado e mal resolvido, as lembranças de seu rude e ciumento pai (que em flashbacks é trazido como um rabino violento) e também sua fixação pelo espiritismo, além dos altos e baixos em seu relacionamento com a esposa Bess. Ainda também traz a faceta de Harry como espião contratado do governo americano. Contudo a iniciativa do canal em abordar um personagem tão curioso, carismático e atual (em tempos de Edward Snowden) é  uma excelente alternativa à vampiros, heróis, tiros, mortes e outros tantos sem graça que estão no cenário hoje.

 

 

Link para o IMDb

 

Dexter – Season Finale

 Blogger, Daniel Arrieche, Dexter, Terminado  Comentários desativados em Dexter – Season Finale
set 262013
 
Author Rating / Nota do Autor:

dexterposter

Pois então a afamada série “Dexter” chegou ao fim. Definitivamente uma das melhores séries já feitas para a televisão, desde o protagonista Michael C. Hall, passando por todo elenco sempre escolhido conforme o contexto de cada episódio, e ainda contando com um fabuloso roteiro sem precedentes. Não há tanta certeza de que se for transformado em filme será tão bom. Nos últimos oito anos muitos fãs tinham seu início de semana tomado pelo serial killer mais amado dos últimos tempos. A paranoia chegou a tomar conta quando ao final da primeira temporada, o telespectador se deu conta de que estava torcendo pela vitória de um psicopata.  Ainda hoje existem relatos de profissionais da área de psicologia e psiquiatria de que, quem escreveu “Dexter” (baseado no livro homônimo “A Mão Esquerda de Deus”) era o próprio personagem, ou vivera intimamente com ele. Pois vai deixar saudades. O último episódio é completo e não deixa pontas soltas, fazendo com que o telespectador fique literalmente embasbacado com as atitudes do Sr. Morgan… Positivamente ou negativamente o seriado foi encerrado de forma excepcional. Dexter emocionou muitos, coisa que definitivamente, ele nunca conseguiu em si mesmo.

Link para o IMDb

Camelot – Primeira Temporada – Episódio Final

 Camelot, Daniel Arrieche  Comentários desativados em Camelot – Primeira Temporada – Episódio Final
nov 092011
 
Camelot; 2011
Encerra-se mais uma boa série do canal Starz. Logo depois de “Spartacus” seus orfãos, conseguiram uma série medieval que conseguiu manter na linha o canal a alura de suas expectativas, trazendo uma nova roupagem (e talvez a mais sincera) a lendado Rei Arthur e de suas aventuras em torno da távola redonda e todos seus protagonistas. Com um time liderado por Joseph Finnes (Merlin) e Eva Green (Morgana) o seriado conseguiu colocar várias questões a quem imaginava saber alguma coisa sobre a lenda dos Pendragon. Bem produzido, com uma escolha de elenco primorosa, e um bom roteiro e direção segura, chegamos ao final da primeira temporada. Sabendo que o último episódio contava com 56 minutos, torcia para que o tempo passasse cada vez mais devagar para poder apreciar cada detalhe do jogo de intrigas entre Morgana e seu meio-irmão Arthur (Jamie Campbell Bower), que mais parece um fedelho e que vai crescendo a cada episódio, ainda que longe de outros personagens mais consagrados. Não espere um “Robin Hood” ou um seriado bobinho de sessão da tarde, e sim a fidelização aos livros. Me entusiasmei, e aguardo ansioso pela segunda temporada. Pena termos apenas dez episódios (mas que valeram por muitas outras séries que nada trazem, com mais de vinte).

Criminal Minds: Suspect Behavior – Primeira Temporada – Episódio Final

 Criminal Minds: Suspect Behavior, Daniel Arrieche  Comentários desativados em Criminal Minds: Suspect Behavior – Primeira Temporada – Episódio Final
nov 092011
 

url

Acabei de ver o último episódio de “Criminal Minds: Suspect Behavior”, e finalmente ele me deixou com vontade de assistir como termina o embate de Sam Cooper (Forest Whitaker). Enfim um episódio bem pensado e que trazia a marca de um bom roteiro amarrado a próxima temporada. Não. O seriado foi bom enquanto durou. Segundo a CBS, a série foi cancelada. Deveriam pelo menos dar um final a temporada, fazendo com que os espectadores não se imaginem reféns de uma mídia financeira apenas.