ago 302016
 
Author Rating / Nota do Autor:

Cinezone - Pets Poster

Com mais uma animação os mesmos diretores de “Meu Malvado Favorito” trazem mais bichinhos fofinhos e muito coloridos para chamar a atenção da criançada. E por consequência do tema, dos adultos também. Curiosidade ou não, a grande maioria do público neste filme em especial é de adultos. “Pets: A Vida Secreta dos Bichos” é um longa-metragem animado inocente e bobinho mas que em alguns momentos gosta de dar algumas alfinetadas nos mais desavisados.

Conhecemos a partir de então, Max: um cachorrinho que mora em um apartamento de Manhattan. Quando sua dona traz para casa um vira-lata chamado Duke, Max não gosta nada, já que o seu tempo de bichinho de estimação favorito parece ter acabado. Mas logo eles vão ter que colocar as divergências de lado pois um coelhinho branco adorável chamado Snowball está construindo um exército de animais abandonados determinados a se vingar de todos os pets que tem dono.

A ideia de tentar demonstrar o que os animais de estimação fazem quando os donos estão fora de casa não é nova: basta procurar no YouTube vídeos de donos que penduram câmeras em seus bichinhos. Porém a produtora acerta em cheio aqueles que amam e/ou idolatram “pets”, sendo que no Brasil principalmente é um dos mercados que cresce exponencialmente além de, é claro, amaciar o coração dos mais moles desavisados. A fórmula deu certo e o filme já desponta entre os de maior bilheteria em agosto (quase um infame trocadilho com o mês do cachorro louco) e com sequência já confirmada.

Cinezone - Pets Middle
A história gira em torno do comportamento de Max, que com ciúmes, tem dificuldades de convivência com o grandalhão Duke que é desajeitado e não tem traquejo com lugares pequenos. Se conseguirmos transpor os personagens para o ambiente humano, o filme não é tão infantil quanto parece pois mostraria um mundo tão interessante e uma visão mais elite de quem apenas observa do lado de dentro da vitrine. Mas aos poucos a crítica social soft toma conta do ambiente colocando como inimigo a ser evitado um coelho maluco – que lembra muito o coelho de “Alice” – juntamente com os “maltrapilhos” maltratados pela rua (pobres, bandidos, ladrões e violentos) que acabam obviamente sendo subjugados. Mas com bons olhos também podemos assistir a diversidade entre os animais que estão juntos e confraternizando independente de raça ou cor, socializando e flertando também com a questão da acessibilidade, onde um cão mais velho e cadeirante os guia co experiência entre os atalhos da grande cidade.

Tons de cores extravagantes, muita correria, muita ação e um humor contagiante fazem de “Pets – A Vida Secreta dos Bichos” um filme sem segredos e capaz de agradar a todos: dos mais críticos aos mais descompromissados. Ah! Procure chegar cedo aos cinemas, pois antes do filme tem um curta dos Minions, outro sucesso das bilheterias (e entre as crianças e adultos, é claro).

Link para o IMDb