dez 152015
 
Author Rating / Nota do Autor:

Cinezone Poster - By The Sea

Na França dos anos setenta, o escritor Roland (Brad Pitt) e sua esposa Vanessa (Angelina Jolie) decidem fazer uma viagem para uma cidade litorânea, com a finalidade de que o bloqueio criativo dele desemperre tanto quanto seu casamento que após quatorze anos parece estar afundando cada vez mais, visto a depressão sem fim de sua amada.

O novo filme da atriz Angelina Jolie faz um retrato de muitos relacionamentos que, em vias de fim, procuram reciclar idéias e pensamentos para alavancar um novo começo, esquecendo das amarguras e dos percalços que a vida deve trazer. Mais uma vez atuando com seu marido Brad Pitt, Jolie (que também é responsável pelo cuidadoso e bem escrito roteiro) acerta a mão em um filme de difícil aceitação para um público mais ávido por enlatados como “Sr. e Sra. Smith“, onde a pancadaria e tramas sem sentido dão lugar a sensibilidade e a visão mais intensa dos seres.

Duas horas podem entediar os mais inquietos, porém para os mais interessados na sétima arte a tela oferecida se transforma em um deleite e tanto mostrando a maturidade dos “queridinhos da América”, quanto na atuação dele quanto na escrita e estudo dela.

Detalhes são em muitos momentos a chave para muitas perguntas que a obra coloca, e que na medida certa vão sendo desvendados pouco a pouco. Desde os olhares entre os atores, a posição de determinados objetos e até as cores são parte fundamental deste quebra-cabeças quase onírico. Outro ponto alto são as metáforas oferecidas praticamente em todos os diálogos. E em todo esse tempo de filme, as cenas se passam basicamente dentro do quarto do casal: uma habilidade sensacional para manter um público interessado é necessária, e há êxito em cada tomada.

Também a parte técnica funciona muito bem: com uma fotografia sólida e homogênea marcando passagens de tempo e delimitando situações, com uma trilha sonora básica e essencial, com uma sonoplastia impecável, e ainda com uma direção de elenco que faz com que os coadjuvantes dancem um belo “ballet” dosados com sabedoria.

Um filme intrigante e muito bem feito. Elogiável tanto tecnicamente quanto atuado com vontade de uma produção intocável. Talvez não venha a agradar todos os públicos por parecer moroso em determinado tempo, o que não tira o brilho do complexo montado para os amantes do cinema.

Título Original: “By The Sea

Direção: Angelina Jolie Pitt

 Leave a Reply

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

(required)

(required)