set 302013
 
Author Rating / Nota do Autor:
poster_a_sorte_em_suas_maos
O músico Jorge Drexler surgiu para o mundo com a música “Al Otro Lado Del Rio” no filme “Diários de Motocicleta” e arrebatou o Oscar de melhor canção. Na entrega do prêmio, viu-se que algo a mais existia naquela figura que quebrou o protocolo da cerimônia e cantou frente a uma platéia de ilustres fatiotas embasbacados. Pois realmente ele é “o cara”, e prova mais uma vez em “A Sorte em Suas Mãos” interpretando um jogador compulsivo e conquistador barato. Uriel trabalha em uma casa de câmbio em Buenos Aires ao mesmo tempo que tem alguns ganhos extra com o carteado e aplicações financeiras, até que resolve que é hora de fazer uma vasectomia, uma vez que já mora sozinho com dois filhos pequenos. A viagem une o útil ao agradável: fará o procedimento em meio a um torneio de pôquer. Porém neste meio tempo reencontra a ex-namorada que pode ser (ou não) a mulher de sua vida. A única maneira de ganhar alguma coisa em toda sua estrada sempre foi com os blefes de cartas: porque agora seria diferente? O roteiro simples e inteligente nos remete a importância dos detalhes e que as pequenas coisas fazem uma grande diferença, e que as vezes contar com o imprevisível (e acreditar nele) é o que realmente vale a pena. Também as relações familiares são bastante focadas (tanto quanto os outros filmes do mesmo diretor) tanto quanto o amor pós-balzaquiano que acaba por emergir entre o casal. As relações paralelas e complicadas (ex-marido / filhos / mãe / colegas) fazem o contraponto da graça e o alicerce de opiniões, onde buscam entender o que realmente acontece em suas mentes e corações. Ainda assim, entre o turbilhão de informações e de trejeitos entre os bem montados personagens, e ainda de quebra conseguimos vislumbrar “La Trova”: o universo musical vindo da cidade de Rosário. Uma rara surpresa dentre tantos blockbusters sem sentido.

Sorry, the comment form is closed at this time.