set 122013
 
 
Martin e Mariana vivem em Buenos Aires, no mesmo bairro e na mesma rua. Tem objetivos, meios, lugares e princípios em comum. Porém nunca se viram, e talvez isto nunca venha a acontecer pois eles estão na era do amor virtual. A película argentina faz uma amostra de simplicidade e de direção segura e competente: personagens complexos e de fácil manejo em um cenário extremamente comum a todos nós: a tão famosa selva de pedra. Em uma cidade de três milhões de habitantes onde o medo, a paranóia, e as facilidades da vida moderna nos trazem uma realidade plausível, os acontecimentos mais banais fazem com que na tela fiquem estereotipados. O filme argentino em muito lembra a dupla gaúcha Jorge Furtado e Giba Assis Brasil, tanto na narração quanto na montagem, mais os cortes secos e pontes entre situações distantes. Una excelente película muestra bien hecho! Clap! Clap! Clap! Clap!

Sorry, the comment form is closed at this time.